quarta-feira, 3 de setembro de 2014

4 cometas poderão ser vistos até o fim do ano

Cometa Pan-STARRS em março de 2013 (Foto: Luis Argerich/flickr/creative commons)
Cometa Pan-Starrs em Março de 2013

É consenso entre os astrônomos que 2014 não se trata de um ano ideal para a visualização de cometas – daqui até dezembro, nenhum deles será visível a olho nu. O último que passou pelas redondezas da Terra com maior estilo foi o finado ISON, no fim do ano passado. No entanto, se você tiver um bom binóculo astronômico e também um aplicativo que permita a fácil localização de objetos no céu noturno, conseguirá driblar esta dificuldade e contemplar um desses astros. Abaixo nós também incluímos mapas para setembro que vão facilitar ainda mais a sua busca.

O primeiro passo é comprar um binóculo de no mínimo 7x50. Estes equipamentos podem ser encontrados na internet ou em lojas de artigos esportivos. Apesar de não serem tão baratos (não saem por menos de R$ 200), acredite: são um investimento que vale muito a pena. Mirá-los na lua é um espetáculo à parte, eles permitem uma visão incrivelmente detalhada das crateras. É possível também observar a galáxia de Andrômeda, aglomerados de estrelas, nebulosas, e claro, os cometas. Sem contar as possibilidades na própria superfície – a aproximação de sete vezes permite até mesmo ler certas placas a quilômetros de distância.

Depois de adquirir o binóculo, você vai precisar também de um bom aplicativo de observação astronômica. Terá então uma combinação poderosa de ferramentas tanto para localizar quanto para visualizar objetos absurdamente distantes. Se o seu dispositivo é Android, nossas dicas são o SkEye ou o Star Chart, ambos gratuitos. Este último também tem uma versão para iOS, sistema no qual se destaca o excelente GoSkyWatch, grátis apenas para iPad.

Agora que você já sabe o que fazer, vamos ao que interessa? Confira abaixo a lista dos cometas:

C/2014 E2 Jacques – até outubro Este cometa é especial para a astronomia brasileira: foi o primeiro a ser batizado em homenagem a um astrônomo daqui. Quem o identificou no início deste ano foi Cristóvão Jacques, do observatório mineiro SONEAR. Segundo Jacques, o cometa “dele” é atualmente o mais promissor para o hemisfério norte, e voltará a estar mais visível por aqui a partir da segunda quinzena de setembro. Uma boa oportunidade de observação é o dia 14 deste mês, quando o astro estará logo ao lado da estrela Albireo (constelação Cygnus, ou Cisne). O limite é o dia 1º de outubro, quando sua localização será próxima à Águia.

 (Foto:  )
Mapa do Jacques para Setembro

C/2013 V5 Oukaimeden – até outubro De acordo com Cristóvão Jacques, o Oukaimeden é a melhor aposta para quem quiser ver um cometa ainda este ano. Atualmente ele está mais alto no céu, próximo ao Unicórnio, mas o período em que estará mais brilhante e próximo à Terra será por volta do dia 16 de setembro. Já bem perto da linha do horizonte, o corpo celeste poderá ser encontrado ao lado da estrela Alfa da constelação de Antlia, ou Máquina Pneumática.

 (Foto: Rea Brasil/Reprodução)
 Mapa do Oukaimeden para Setembro

C/2012 K1 Pan-STARRS – até dezembro O Pan-STARRS voltou a ser visível no hemisfério sul agora no início de setembro, e daqui até o fim do ano suas chances de visualização só devem melhorar, conforme vai subindo no céu noturno. O dia em que passará mais perto da Terra será 31 de outubro, quando vai estar na região da constelação do Pintor.

Mapa do Pan-STARRS para setembro (Foto: Rea-Brasil/Reprodução)
Mapa do Pan-STARRS para setembro

C/2013 A1 Siding Spring – até dezembro Este cometa deve atingir seu máximo brilho por volta da metade de setembro, na constelação do Pavão. Mas a situação mais interessante com o Siding Spring vai ocorrer em 19 de outubro: ele vai passar literalmente “raspando” em Marte, a cerca de 127 mil quilômetros. Para se ter uma ideia de como isso é perto, no ano passado os astrônomos chegaram a prever que o astro iria colidir com o planeta e causar muitos estragos. Já sabemos que isso não irá ocorrer, mas de qualquer forma os marcianos terão um show e tanto neste dia. Será que a Curiosity vai nos presentear com alguma foto espetacular do cometa?

Mapa do Siding Spring para setembro (Foto: Rea-Brasil/Reprodução)
Mapa do Siding Spring para setembro

Fonte: Galileu