NASA apresenta explicação sobre a mudança do clima em Marte - Aventuras no Conhecimento

Últimas

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

NASA apresenta explicação sobre a mudança do clima em Marte


Dados coletados pela sonda MAVEN, lançada em novembro de 2013 justamente para estudar a atmosfera marciana e entender o que aconteceu com ela no passado, confirmaram que o grande responsável pela dissipação da atmosfera de Marte é o vento solar. 
Composto por prótons e elétrons carregados que se desprendem do Sol e viajam pelo espaço a cerca de 1,6 milhão de quilômetros por hora, essas partículas que carregam campos magnéticos podem gerar campo elétrico ao passar pelo planeta vermelho. Isso acaba acelerando os íons da atmosfera superior e os lança para o espaço.

Mais do que definir o processo, a Nasa também revelou informações mais específicas sobre ele: a ação do vento solar faz com que 100 gramas de gás sejam perdidos por segundo. “Como o roubo diário de algumas moedas de um caixa, a perda se torna significativa com o tempo”, disse em comunicado Bruce Jakosky, investigador principal da missão e pesquisador da Universidade do Colorado. As medições da sonda também revelaram que a dissipação é significativamente mais intensa durante tempestades solares, o que leva a crer que a taxa era bem maior há bilhões de anos, quando o Sol era mais jovem e mais ativo. A teoria explica o porquê de o clima marciano ter mudado tão radicalmente.

A sonda MAVEN que começou suas atividades científicas há cerca de um ano também está estudando outras formas de perda dos gases, como através da colisão de íons ou do escape de átomos de hidrogênio. “Entender o que aconteceu com a atmosfera de Marte vai informar nosso conhecimento sobre a dinâmica e evolução de qualquer atmosfera planetária”, afirmou John Grunsfeld, astronauta e administrador associado do Diretório de Missões Científicas da Nasa.

Assista a simulação que representa esta explicação:


Fonte: NASA e Galileu