Uma colisão com um asteroide pode ter 'fervido' nossos oceanos há 3,3 bilhões de anos - Aventuras no Conhecimento

Últimas

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Uma colisão com um asteroide pode ter 'fervido' nossos oceanos há 3,3 bilhões de anos

Figura que simula o formato do asteroide Osiris

Não sabemos exatamente quando a vida apareceu pela primeira vez na Terra - mas sabíamos que ela já estava presente há 3,4 bilhões de anos. E um novo estudo mostra que as formas primitivas de vida dessa época suportaram um impacto poderoso de um asteroide.

De acordo com uma pesquisa feita em conjunto por Stanford e pela Universidade Estadual de Louisiana, sinais da queda de um asteroide foram encontrados em rochas da África do Sul. As marcas indicam que a queda aconteceu há 3,3 bilhões de anos. Apesar de ser difícil precisar o tamanho do asteroide, estima-se que ele tinha entre 20 e 100 km de comprimento. 

Analisando as rochas eles também perceberam sinais de um fenômeno estranho. Como a região profunda do mar próximo à África do Sul tinha características de erosão similares a de pedras fora do mar, os pesquisadores supõem que, com o impacto do asteroide, o oceano tenha fervido e boa parte da sua água tenha evaporado.

Com o tempo e precipitações, os níveis do oceano normalizaram e, hoje, as rochas que indicavam erosão por vento voltaram a ficar no fundo do mar. 
Ao mesmo tempo, foram encontrados sinais de que bactérias conseguiram sobreviver nessas rochas - mostrando que, desde seu início, a vida na Terra era bastante resiliente.