Novo estudo revela que 80 milhões de bactérias são compartilhadas por beijo - Aventuras no Conhecimento

Últimas

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Novo estudo revela que 80 milhões de bactérias são compartilhadas por beijo

Salada mista? Haja bactéria num beijo só! (Foto: Reprodução)
Salada mista? Haja bactéria num beijo só!

Realizado por pesquisadores na Holanda, novo estudo mostra que a cada beijo de dez segundos mais de 80 milhões de bactérias são transferidas. O trabalho também sugere que casais que se beijam nove vezes por dia podem criar comunidades gigantescas de bactérias na região bucal.

Estima-se que existem ao menos 700 variedades desses microrganismos na área da boca. Nessa pesquisa, os cientistas sugerem que as pessoas próximas a nós são as responsáveis por tal quantidade. A equipe da Netherlands Organisation for Applied Scientific Research (TNO) trabalhou com 21 casais para chegar ao número.

Os participantes tiveram que responder questões sobre a quantidade e a duração dos beijos dados com os seus companheiros. O time então retirou algumas amostras das bocas do grupo para pesquisas relacionadas ao número de micróbios vivendo na área.

Publicado no Microbiome, o estudo mostrou que os casais “beijoqueiros” – mais de nove vezes por dia – acabam adquirindo as mesmas colônias de bactérias. Além disso, perceberam que cerca de 80 milhões de microrganismos são “trocados” ao longo de um beijo.

“Beijos íntimos que envolvem contato de língua e saliva fazem parte de um comportamento único dos humanos e que está presente em 90% das culturas conhecidas”, disse Remco Kort, autor do projeto. O cientista também comentou sobre a quantidade de bactérias: “Nós queríamos descobrir a quantidade de micróbios trocada pelos parceiros durante o beijo. E aí conseguimos perceber que quanto mais se beijam, mais os casais são ‘parecidos”.

Fonte: Galileu