Conheça os cinco terremotos mais fortes do mundo - Aventuras no Conhecimento

Últimas

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Conheça os cinco terremotos mais fortes do mundo

Mapa-múndi dos terremotos | Crédito: BBC Brasil

O terremoto que atingiu o norte do Chile na noite de terça-feira forçou centenas de pessoas a deixarem suas casas.

O alerta de tsunami ─ gerado a partir do tremor, mas já suspenso ─ contribuiu para aumentar a apreensão dos chilenos, que ainda guardam na memória o efeito devastador do abalo de 2010.
Apesar de atingir 8,2 de magnitude e ter sido sentido em outros países, como Peru e Bolívia, o terremoto de terça-feira não foi um dos maiores do mundo.
Com forte atividade sísmica, o Chile, por outro lado, ainda lidera a lista dos terremotos mais intensos a terem abalado a Terra desde o ano 1900.
Confira abaixo a compilação feita pela BBC Brasil com base nos dados do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), levando em conta a intensidade dos tremores.
Pelo critério de número de vítimas fatais, o terremoto de 2010 no Haiti ainda é o mais mortal na lista da USGS (apesar de não estar entre os mais intensos): deixou 316 mil mortos.

1 - Chile

Data: 22/05/1960
Magnitude: 9,5
Na noite de 22 de maio de 1960, o Chile foi atingido em cheio pelo maior terremoto a ser registrado no planeta.
Aproximadamente 1,6 mil pessoas morreram, 3 mil ficaram feridas e mais de 2 milhões perderam suas casas. O prejuízo estimado para o Chile foi de US$ 550 milhões, ou R$ 1,2 bilhão (em valores atuais).
O terremoto foi seguido por um tsunami, que deixou 61 mortos no Estado americano do Havaí, 138 no Japão e 32 nas Filipinas.

2 - Alasca (EUA)

Data: 28/03/1964
Magnitude: 9,2
O terremoto, que foi seguido por tsunami, tirou a vida de 131 pessoas e causou prejuízos da ordem de US$ 2,3 bilhões (R$ 5,2 bilhões). Os efeitos do tremor foram fortemente sentidos em várias cidades americanas.

3 - Sumatra (Indonésia)

Data: 26/12/2004
Magnitude: 9,1
Às 0h58 do dia 26 de dezembro de 2004, um terremoto de grande magnitude atingiu a costa oeste da ilha de Sumatra, na Indonésia.
O tsunami que se seguiu ao terremoto atingiu 14 países do Sul da Ásia e do leste da África.
Ao todo, a tragédia deixou cerca de 230 mil mortos ou desaparecidos e 1,7 milhão desabrigados.

4 - Honshu (Japão)

Data: 11/03/2011
Magnitude: 9,0
Pelo menos, 15,7 mil pessoas foram mortas, 4,6 mil dadas como desaparecidas e 5,3 mil feridas quando um terremoto seguido por tsunami arrasou a costa leste de Honshu, a maior e mais populosa ilha do Japão.
A combinação de tremor e maremoto também deixou mais de 130 mil pessoas desabrigadas e destruiu 300 mil casas e prédios. A maioria das mortes ocorreu nas cidades de Iwate, Miyagi e Fukushima.
As ondas chegaram a 38 metros de altura. O prejuízo total para o Japão foi estimado em US$ 309 bilhões (R$ 700 bilhões em valores atuais), o equivalente a 15% do PIB brasileiro.

5 - Kamchatka (Rússia)

Data: 04/11/1952
Magnitude: 9,0
Um terremoto seguido por um tsunami atingiu a península de Kamchatka, no extremo leste da Rússia, em 1952. Não houve registro de mortes, em grande parte pelo fato de a região ser pouco povoada.
No entanto, o maremoto atingiu o Havaí, nos Estados Unidos, provocando perdas da ordem de US$ 1 milhão (R$ 2,4 milhões). As ondas destruíram barcos, casas, píeres e estradas.

Fonte: BBC