Google+

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Qual a solução para o Lixo Espacial?


Pesquisadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, monitoram o lixo espacial na órbita terrestre, que vem crescendo desde a exploração espacial iniciada nos anos 1950. 
Eles estimam que haja cerca de 21 mil pedaços com tamanho superior a 10 centímetros, entre 1 e 10 centímetros cerca de 500.000 e o número de partículas menores provavelmente excede dezenas de milhões. Este lixo espacial é formado por partes de satélites, foguetes, naves e outros objetos deixados "para trás".

Para tentar resolver este problema ambiental em nosso espaço, cientistas estão planejando enviar no próximo ano uma nave que ficará em órbita com o objetivo de limpar todo este lixo espacial. Basicamente ela irá usar uma rede e uma espécie de arpão para capturar esses destroços, uma vela tentará também empurrar grandes objetos para a atmosfera, fazendo com que sejam destruídos pela alta temperatura da reentrada.

A grande preocupação dos cientistas também é devido a imensa quantidade do lixo que circula na órbita da Terra, que poderá impactar o envio e manutenção de satélites em um futuro próximo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...