Google+

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

O colapso atmosférico de Io, famoso satélite de Júpiter


Pesquisadores do Southwest Research Institute documentaram impressionantes mudanças atmosféricas em Io, satélite de Júpiter e o objeto com maior atividade vulcânica de nosso Sistema Solar. Este fenômeno foi observado quando o planeta gigante lançava sua sombra sobre a superfície da Lua durante eclipses diários.

Um estudo concluiu que a fina atmosfera de Io, que consiste principalmente de dióxido de enxofre (SO2), gás originado dos vulcões, entra em colapso quando o SO2 congela rapidamente no momento que Io é sombreada por Júpiter. Quando a lua se move para fora do Eclipse o gelo aquece e é convertido diretamente para gás.

As observações foram feitas durante duas noites em novembro de 2013, quando Io estava a mais de 420 milhões de milhas da Terra. Em ambas as ocasiões, Io foi observado entrando e saindo da sombra de Júpiter, por um período de cerca de 40 minutos antes e depois do eclipse.

Io é o objeto vulcânico mais ativo do sistema solar devido a interação gravitacional de Io com Júpiter, que comanda a atividade vulcânica da lua. vulcões de Io emitem colunas de fumaça de gás SO2 que se estende até 300 milhas acima da superfície da lua e produz extensos campos de lava basáltica que podem fluir por centenas de milhas.

por Adriano Reis
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...