Astrônomos encontram galáxia que está perdendo sua Matéria Escura - Aventuras no Conhecimento

Últimas


NOTÍCIAS

quinta-feira, 29 de março de 2018

Astrônomos encontram galáxia que está perdendo sua Matéria Escura


Galáxias e matéria escura andam juntas como manteiga de amendoim e geleia. Você normalmente não encontra um sem o outro.

Astrônomos ficaram surpresos ao descobrirem uma galáxia que está perdendo a maior parte, se não toda, sua matéria escura. Uma substância invisível, a matéria escura é o andaime subjacente sobre o qual as galáxias são construídas. É a cola que mantém a matéria visível nas galáxias - estrelas e gás - juntas.

A galáxia em questão, chamada NGC 1052-DF2, contém no máximo 1/4 da quantidade de matéria escura que os astrônomos esperavam. A galáxia é tão grande quanto a Via Láctea, mas chamou a atenção porque contém apenas 1/200 do número de estrelas. Dado o tamanho grande e a aparência fraca do objeto, os astrônomos classificaram NGC 1052-DF2 como uma galáxia ultra-difusa.

Nenhuma das galáxias ultra-difusas descobertas até agora foi encontrada com tanta falta de matéria escura. Então, mesmo entre essa classe incomum de galáxias, a NGC 1052-DF2 é um exceção.

NGC 1052-DF2 reside a 65 milhões de anos-luz de distância em uma coleção de galáxias que é dominada pela gigantesca galáxia elíptica NGC 1052. A formação da galáxia é bastante turbulenta e violenta, e os pesquisadores sugeriram que o crescimento da galáxia maciça incipiente bilhões de anos atrás talvez tenha desempenhado um papel na deficiência de matéria escura da NGC 1052-DF2.
Outra ideia é que o gás que se move em direção ao gigante elíptico NGC 1052 pode ter fragmentado e formado NGC 1052-DF2. A formação de NGC 1052-DF2 pode ter sido ajudada por poderosos ventos emanados do jovem buraco negro que estava crescendo no centro de NGC 1052. Estas possibilidades são especulativas, no entanto, e não explicam todas as características da galáxia observada. , disseram os pesquisadores.

A equipe já está procurando por mais galáxias deficientes em matéria escura. Eles estão analisando imagens do Hubble de 23 outras galáxias difusas. Três deles parecem semelhantes a NGC 1052-DF2.

Artigo científico: https://www.nature.com/articles/nature25767