Google+

terça-feira, 30 de maio de 2017

Grande Barreira de Coral perdeu um terço da área em um ano


A Grande Barreira de Coral, o maior recife de corais do mundo existente na Austrália, perdeu quase um terço de sua área no último ano, alertou o governo australiano em um comunicado divulgado nesta segunda-feira.
Análises aéreas e submarinas rastrearam a formação de norte a sul e mostraram que 29% dos corais da superfície morreram em 2016, uma perda maior do que a projetada anteriormente, de 22%.
A principal razão para a acelerada destruição do ecossistema é o progressivo branqueamento dos corais, causado pelas mudanças climáticas.

O processo ocorre quando algas que vivem ali são expulsas devido a alterações extremas e prolongadas na temperatura das águas. Isso torna o coral branco, o que, mais tarde, pode levá-lo à morte se a mudança não for revertida.
O branqueamento dos corais também se estende às áreas mais profundas, mas a dificuldade de acesso pelos mergulhadores impede a avaliação sistemática da mortalidade nesses locais.
A área mais afetada foi próxima a Port Douglas, ao norte, onde 70% dos corais morreram. Enquanto isso, houve uma recuperação dos corais no sul do recife, que não foram afetados pelo branqueamento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...