Google+

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Cientistas encontram vida dentro de cristais gigantes de 50.000 anos em caverna


Cientistas encontraram vida escondida dentro de cristais gigantes nas cavernas de Chihuahua, México, os micro-organismos encontrados podem ter sobrevivido lá por até 50 mil anos. 

Os micro-organismos são muito diferentes de quase todas as formas de vida encontradas na Terra, e oferecem uma boa indicação de como a vida pode ser resiliente em ambientes extremamente difíceis, incluindo aqueles encontrados em outros planetas.

"Esses organismos são tão extraordinários", disse a astrobióloga Penélope Boston em 17 de fevereiro durante uma coletiva de imprensa na reunião anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência. Eles não se parecem com nenhum gênero conhecido que os cientistas foram capazes de identificar, disse Boston. Seus familiares mais próximos vivem em cavernas em todo o mundo ou em solos vulcânicos ou prosperam em compostos como tolueno.

Os micróbios encontrados dentro dos cristais da caverna parecem ser semelhantes, mas não idênticos aos que vivem fora, nas paredes das cavernas e outras áreas próximas, disse Boston. A pesquisa ainda está sendo concluída e, se confirmada a informação, estes micróbios representariam alguns dos extremófilos mais resistentes do planeta - habitando a profundidades de 100 a 400 metros abaixo da superfície da Terra a temperaturas entre 45° C a 65° C.

Estudos como esses mostram que alguns micróbios são criaturas resistentes, dispostos a transformar praticamente qualquer habitat em uma casa. Isso é promissor para a busca pela vida fora da Terra.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...