Google+

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Alto níveis de poluentes são registrados em lugares profundos do Oceano Pacífico


Pesquisadores britânicos encontraram níveis muito altos de poluentes orgânicos persistentes (POPs) em duas fendas profundas no Oceano Pacífico.

Os POPs são compostos altamente estáveis e que persistem no ambiente, resistindo à degradação química, fotolítica e biológica. São encontrados em pesticidas, em Policlorobifenilos (PCBs) e Dioxinas e Furanos, sendo estes resultantes sobretudo de incinerações industriais e de resíduos.

Os pesquisadores analisaram crustáceos que habitam as fossas das Marianas e de Kermadec, no Oceano Pacífico, que possuem mais de 10.000 metros de profundidade. Eles constataram alta concentração de POPs no organismo destes animais, que comumente se alimentam de resíduos orgânicos e acabam digerindo também estes compostos. Como são insolúveis, os POPs se acumulam na gordura corporal e acabam naturalmente fazendo parte de toda cadeia trófica, se fazendo presentes em espécies do topo da cadeia alimentar. 

Este estudo demonstra que a ação humana tem impacto até nos locais mais remotos e profundos da Terra.

Esta pesquisa foi publicada na Nature e você pode conferir clicando aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...