Google+

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Cometa ajudou mamíferos a dominarem a Terra


Cerca de 56 milhões de anos atrás, grande quantidade de CO2 tomou a atmosfera da Terra, elevando a temperatura de 5 °C a 8 °C e causou enormes migrações de animais selvagens, cenário que pode espelhar o futuro do mundo, graças ao aquecimento global. Mas o que desencadeou este aumento brusco na temperatura, chamado de Máximo Térmico do Paleoceno-Eoceno (MTPE), tem permanecido um mistério.

Agora, um novo trabalho apresentado em 27 de Setembro, na reunião anual da Sociedade Geológica da América e publicado esta semana na revista Science, um grupo de cientistas afirmam que o impacto de um pequeno cometa causou o aumento do nível de CO2 10 milhões de anos depois do evento semelhante que dizimou os dinossauros. 



Os pesquisadores encontraram fragmentos esféricos de vidro que, acredita-se, tenham se formado quando detritos se fundiram e acabaram solidificados no ar após o impacto do cometa com a Terra.

Esse pico de temperatura coincide com a dispersão de grupos mamíferos para novas partes do mundo, além da diversificação em três grupos que se mantêm até hoje: Artiodátilos, Perissodáctilos e Primatas - a ordem que inclui os seres humanos. Entre os Artiodátilos modernos estão ovelhas, porcos, camelos e girafas. Já os Perissodáctilos incluem zebras, cavalos e rinocerontes.

Os pesquisadores defendem que o impacto do cometa seria o motivo e sucesso dos mamíferos na Terra.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...