Google+

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Tire suas dúvidas sobre Soluço!

Situação incômoda que acontece "normalmente" nas situações mais indevidas - o soluço acontece de que maneira?


Em resumo, o motivo de soluçarmos é uma irritação que ocorre no nervo frênico que auxilia no movimento do diafragma.

Caso você não conheça, o diafragma é um músculo que separa o tórax do abdômen.
Durante a respiração, a expiração do ar acontece a cada vez que o diafragma relaxa, e quando ele se contrai, ocorre a inspiração!

Quando respiramos, no momento da inspiração a glote (localizada na garganta) deve permanecer aberta para a passagem de ar e fechada no momento em que ingerimos algum alimento. Mas, acontece que quando o nervo frênico está irritado, o controle respiração-glote-diafragma sai de sincronia, ou seja, a glote se mantém fechada durante a inspiração.


Na tentativa de regular o ritmo das partes do corpo envolvidos, os "trancos" são a tentativa de fazer o ar passar pela glote e o som característico se dá pela vibração das cordas vocais na gargantas.

Não se sabe exatamente o que causa o soluço, mas como o diafragma fica logo abaixo do pulmão, e acima do estômago, existem algumas teorias. Uma delas diz que qualquer irritação no esôfago poderia causar irritação no frênico. Outras hipóteses é de que quando comemos demais, ingerimos bebidas com temperaturas extremas ou com muito gás, ou até mesmo estarmos em ambiente muito frio poderíamos apresentar motivos para crises de soluço.

Casos onde o soluço é frequente e contínuo é sugerido que haja visita médica pois poderia ser indício de doenças na vesícula, esôfago e estômago.

E para parar o soluço?


Levar um susto? Beber um copo de água sem pausa? Plantar bananeira? Fazer careta com a língua de fora? Gargarejar água? 

Pois é, todas essas situações apresentam uma coisa em comum: para qualquer uma destas atividades, você para de respirar nem que seja por um momento - que na verdade, já resolve.

Prof. Carla Reis
Bióloga
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...