Google+

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Antiga criatura marinha pode ter sido primeiro réptil vegetariano do mundo


Algumas criaturas estranhas surgiram na sequência de uma das maiores extinções em massa da Terra, isto inclui um réptil marinho herbívoro que tinha uma cabeça-de-martelo, uma forma até então desconhecida em registros fosseis de répteis.

O animal incomum, apelidado de Atopodentatus unicus (uma mistura de grego e latim para "único e estranho-dentado"), foi descrito pela primeira vez há 2 anos.

Segundo os registros fósseis, o réptil de  2 a 3 metros de comprimento, que viveu no que é hoje o centro-sul da China entre 243 milhões e 244 milhões de anos atrás, tinha preferências alimentares incomuns. A frente do seu largo focinho em forma de T estava cheia de dentes grossos e os lados de suas mandíbulas estavam alinhadas com dentes espaçados, em forma de agulha.

Esse conjunto não era muito útil para mastigar presas, sendo assim, é mais provável que o Atopodentatus usava seus dentes da frente para beliscar algas ou outras plantas de superfícies rochosas. Atopodentatus é, portanto, o mais antigo vegetariano conhecido entre os répteis marinhos.

No geral, a criatura é tão incomum que é difícil dizer onde ele se encaixa na árvore genealógica dos répteis. Atopodentatus parece estar mais estreitamente relacionado com os plesiossauros, répteis marinhos normalmente de pescoço comprido, que muitas eram um dos maiores predadores  dos oceanos na era dos dinossauros.

por Adriano Reis
Biólogo
Fonte: ScienceMag
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...