Problemas na coluna podem estar relacionados a Evolução - Aventuras no Conhecimento

Últimas


NOTÍCIAS

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Problemas na coluna podem estar relacionados a Evolução


Um estudo publicado na revista científica BMC Evolutionary Biology sugere que há uma relação entre os problemas na coluna vertebral e a evolução da espécie humana.

A evolução é um processo que vem sendo estudado durante muitos anos, tendo Darwin como um dos principais cientistas que contribuíram para a compreensão e entendimento das mudanças e adaptações das espécies ao longo do tempo. Muitos cientistas vem utilizando em seus estudos o processo de evolução do ser humano para ajudá-los a entender e a explicar certas doenças ou deformações comuns em nossa sociedade atual, como pode ser visto neste estudo sobre doenças relacionadas a coluna.

Os cientistas verificaram que os seres humanos são mais comumente atingidos por algum tipo de doença na coluna vertebral do que os primatas não-humanos e uma explicação sugerida para isso é o estresse colocado sobre a coluna vertebral por bipedismo (andar de forma ereta).

Com isto em mente, foi realizado um estudo comparativo das vértebras do ser humano, chimpanzé e orangotango para examinar as relações entre o formato da coluna vertebral, a locomoção e os nódulos de Schmorl, que são indicadores da hérnia de disco intervertebral.

Os resultados apoiam a hipótese de que as vértebras dos humanos com problemas de hérnia de disco são mais parecidas em formato com a dos chimpanzés do que com as vértebras de humanos saudáveis, o que pode levar a concluir que o processo evolutivo no decorrer de milhares de anos em alguns humanos não ocorreu de forma “perfeita”, ou seja, a coluna de algumas pessoas são menos adaptadas para andar de forma ereta devido a um problema natural trazido pela evolução e consequentemente o resultado disso é alguma deformação na estrutura de suas vértebras.

Esta constatação não só tem implicações clínicas, mas também ilustra os benefícios de trazer as ferramentas da biologia evolutiva para analisar os problemas na medicina e saúde.

Por Adriano Reis
Biólogo, Mercadólogo, astrônomo amador e adm. do site