Google+

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Via Láctea pode ser muito mais leve que Andrômeda, aponta estudo


A massa da Via Láctea pode ser mais leve do que se pensava até agora, segundo revelou um estudo de cientistas britânicos que foi publicado nesta quarta-feira na revista "Monthly Notices of the Royal Astronomical Society".
Segundo sustenta a pesquisa de especialistas da Universidade de Edimburgo, a massa da Via Láctea é em torno de 50% mais leve que, por exemplo, Andrômeda, a galáxia mais perto da nossa, situada a 2,5 milhões de anos luz.
Ambas apresentam sua característica em forma de espiral e são, além disso, as de maior tamanho dentro do chamado "Grupo Local de galáxias".

No entanto, apontou o estudo, acredita-se que Andrômeda apresente uma maior massa que a Via Láctea por conta de sua "matéria escura", uma substância invisível à qual se atribui a capacidade de manter as galáxias unidas a sua força de gravidade.
De acordo com os cientistas da universidade escocesa, Andrômeda poderia conter o dobro de matéria escura que nossa galáxia, apesar de ambas terem mais ou menos um tamanho similar.
Estudos anteriores só puderam medir a massa fechada nas regiões interiores das galáxias, enquanto este último conseguiu incluir em seus cálculos a massa invisível da regiões exteriores.

Previamente, também eram usadas a distâncias conhecidas entre as galáxias do Grupo Local para calcular a massa total de Andrômeda e da Via Láctea.
"Sempre suspeitamos que Andrômeda era mais pesada que a Via Láctea, mas ficava muito difícil medir simultaneamente o peso de ambas as galáxias", declarou à citada publicação o responsável da pesquisa, Jorge Penarrubia.
"Para que isto fosse possível -disse o especialista-, nosso estudo combinou as últimas medições do movimento relativo entre nossa galáxia e Andrômeda com o maior catálogo de galáxias próximas jamais compilado".

Fonte: EFE
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...