Google+

quarta-feira, 16 de julho de 2014

NASA: nunca estivemos tão perto de achar vida fora da Terra

Vida fora da Terra? Cientistas da NASA acreditam que estamos quase lá (Foto: Reprodução/FlickrSweetie187)

As notícias animadoras – ou não, dependendo de como você vê a "vida extraterrestre" – são de uma palestra com alguns dos melhores cientistas da NASA, ocorrida nesta segunda-feira. Para esse grupo de elite, nunca estivemos tão próximos de encontrar vida fora do nosso planeta.
O astronauta aposentado e administrador da NASA, Charles Bolden, começou a mesa de debates com a seguinte introdução: “Nós acreditamos que há vida fora da Terra? Acredito que falo por mim e em nome dos meus colegas aqui presentes quando digo que é improvável que, em um universo de vastidão infinita, nós humanos estejamos sozinhos”.

Ao lado do astronauta estavam a cientista chefe Ellen Sofan; o também já aposentado astronauta John Grunsfeld; John Matter, designer do projeto do Telescópio James Webb; e Dave Gallagher, diretor de astronomia da NASA. Além desse grupo, a cientista do MIT, Sara Seager, e o diretor do Telescópio de Baltimore Matt Mountain fizeram parte da mesa.
Apesar de uma corrente de cientistas da NASA estar procurando vida extraterrestre dentro do Sistema Solar, principalmente em Marte, a reunião liderada por Bolden focou principalmente em planetas de outros sistemas.

Segundo dados recolhidos pelo Telescópio Kepler, cientistas estimam que aproximadamente toda estrela da nossa galáxia possui no mínimo um planeta ao seu redor. E quem poderá ajudar nessa pesquisa é o Telescópio James Webb, que será lançado em 2018, capaz de procurar os elementos químicos necessários à vida nesses bilhões de planetas. Mais especificamente, a pesquisa foca na busca por gases que só podem ser produzidos por formas de vida.
Sara Seager disse: “Com o James Webb, somos capazes de encontrar vida fora daqui. Mas precisaremos de sorte, precisaremos superar as expectativas”. Com o avanço dos telescópios da NASA, que ficam cada vez maiores, as chances de encontrarem planetas menores tal como a Terra aumentam.

Quanto menor um planeta, maior a chance de ele ser similar ao nosso. No entanto, são incrivelmente difíceis de serem descobertos por brilharem muito pouco em comparação às suas estrelas principais. Mesmo assim, Seager complementou: “Nós acreditamos que estamos muito próximos, em termos de ciência e tecnologia, de achar sinais de vida em outro planeta, ou até mesmo outra Terra”.

Depois de abrir perguntas para o público e às redes sociais, uma questão intrigou a cientista chefe da NASA Ellen Stofan: “Se cientistas acharem vida em outro planeta, o governo americano irá deixar as pessoas saberem?”. Stofan logo respondeu: “Claro que deixaríamos. Isso seria tão impressionantemente excitante que levaríamos ao público o mais rápido possível. Gostaríamos que todos compartilhassem a felicidade da descoberta”.

Veja o vídeo da palestra!


Fonte: Galileu
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...