Google+

domingo, 29 de junho de 2014

Cientistas descobrem propriedade "escondida" do ouro


Em uma pesquisa recente, cientistas conseguiram descobrir novas características do ouro, um metal nobre que, tradicionalmente, não traz muito interesse para a química, dada sua capacidade escassa de reagir com outras substâncias. Porém, de acordo com um estudo de pesquisadores da Escola de Química da Universidade de Cardiff, no País de Gales, quando o ouro é desmembrado em nanopartículas, torna-se, então, extremamente reativo.

“O ouro é motivo de fascínio há milênios; em grande parte, graças à sua resistência à corrosão e sua beleza duradoura”, afirmou o professor Graham Hutchings. “No entanto, quando se desmembra em nanopartículas que contêm apenas algumas poucas centenas de átomos, não muda apenas de cor, mas torna-se muito reativo”. Em formas reduzidas, “as reações do ouro são mais rápidas, mais fáceis e energicamente mais eficientes que muitos outros catalisadores”.

O processo de catalisação é aplicado a praticamente todos os bens manufaturados do mundo e os catalisadores mais frequentemente utilizados, como os que contêm mercúrio, são altamente prejudiciais para o ambiente e nocivos para a saúde humana. Por isso, os cientistas acreditam que o ouro tem o potencial suficiente para salvar vidas, despoluir o meio ambiente e melhorar a qualidade da saúde humana. “Processos em excesso criam resíduos e produto insuficiente em excesso. Mediante a introdução de um catalisador de ouro, podemos reduzir a quantidade de resíduos e aumentar a produtividade em prol de uma de uma série de processos”, eles afirmam.

Fonte: History
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...