Google+

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Mancha emblemática de Júpiter está encolhendo — e ninguém sabe o motivo

Mudança na mancha (Foto: NASA, ESA, and A. Simon (Goddard Space Flight Center))

Uma das características mais marcantes de Júpiter, a Grande Mancha Vermelha — como é chamada uma tempestade de grandes dimensões localizada no sul do planeta — está encolhendo.
A tempestade, a maior existente no Sistema Solar, foi observada pela primeira vez por Samuel Heinrich Schwabe, em 1831. Na época, a Grande Mancha Vermelha tinha mais de 25 mil quilômetros de diâmetro. Era o equivalente a três vezes o tamanho do planeta Terra.

Uma foto recente do telescópio espacial Hubble, no entanto, revelou que a mancha está com 10 mil quilômetros de diâmetro — o suficiente para abrigar somente 1,3 Terras.
De acordo com a Wired, os cientistas estão agora estudando os pequenos redemoinhos na borda da tempestade, que podem de alguma forma estar minando sua força. Os pesquisadores ainda não conseguem dizer com certeza se a mancha deve continuar a encolher.

Fonte: Galileu
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...