Estudo realizado pela NASA sugere que Lua de Júpiter seria capaz de abrigar vida - Aventuras no Conhecimento

Últimas


NOTÍCIAS

domingo, 18 de maio de 2014

Estudo realizado pela NASA sugere que Lua de Júpiter seria capaz de abrigar vida


Ganimedes, um dos satélites naturais de Júpiter, é a maior lua do Sistema Solar e, recentemente, se transformou também em um forte candidato a abrigar vida fora da Terra. A razão dessa especulação também é curiosa: Ganimedes possui, em seu interior, inúmeras camadas de gelo e oceanos empilhados, como se fosse um enorme sanduíche em órbita.
O estudo foi realizado por um grupo de pesquisadores do Laboratório de Propulsão a Jato, da NASA, liderado por Steve Vance, e propõe uma evidência teórica para essa hipótese. De acordo com o artigo publicado pela revista Planetary and Space Science, é possível que tenha surgido vida primitiva naquela lua, pois há interação da água e da rocha, um fator importante para o desenvolvimento da vida.

Várias teorias sugerem que, na Terra, a vida teve origem nos respiradouros do fundo do mar. Vance explica que essa descoberta “é uma boa notícia para Ganimedes. Seu oceano é enorme, com uma pressão muito grande, o que nos levou a crer que haveria camadas densas de gelo que poderiam se formar no fundo do oceano. Quando colocamos sal em nossas réplicas, nos ocorreu que poderia haver líquidos densos o suficiente para afundarem até o fundo do mar”.
Com o objetivo de explorar os mistérios e possibilidades desse sanduíche marinho vital, a Agência Espacial Europeia e a NASA começaram a planejar uma missão às luas de Júpiter, chamada JUpiter ICy moons (JUICY), que teria início depois de 2030.

Assista o vídeo:



Fonte: History