Google+

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Americanos esperam achar vida em outros planetas até 2034

Planetas
Cientista: "As chances de achar vida são boas. E, se acontecer, será nos próximos 20 anos"

Estamos mesmo sozinhos no espaço? Uma das perguntas mais intrigantes da ciência pode ganhar uma resposta dentro de 20 anos. É o que afirmam pesquisadores americanos.
Em reunião com parlamentares realizada hoje em Washington, cientistas disseram que são capazes de encontrar extraterrestres até 2034 caso o ritmo atual de investimentos se mantenha.
"As chances de achar vida, eu penso, são boas. E, se acontecer, será nos próximos 20 anos, dependendo só do financiamento das pesquisas", afirmou Seth Shostak, astrônomo ligado ao Instituto SETI (sigla para Busca de Inteligência Extraterrestre, em inglês), organização que se dedica a esse tipo de pesquisa.

Três caminhos

A imagem feita pelo telescópio do Observatório de La Silla mostra duas galáxias muito contrastantes. A maior delas é a galáxia NGC 1316. Sua companheira menor NGC 1317 está à direita

A imagem feita pelo telescópio do Observatório de La Silla mostra duas galáxias muito contrastantes. A maior delas é a galáxia NGC 1316. Sua companheira menor NGC 1317 está à direita
De acordo com os pesquisadores, três caminhos estão sendo trilhados na busca de vida fora da Terra. O primeiro deles consiste na análise dos corpos celestes mais próximos de nós.
"Pelo menos, meia-dúzia de outros corpos celestes que podem ter vida estão no nosso sistema solar", afirmou Shostak.
Um segundo método procura sinais de oxigênio e metano em outros planetas. Na Terra, estes dois elementos estão intimamente ligados à existência da vida.

Um terceira técnica usada por cientistas na busca de alienígenas tenta localizar possíveis sinais de telecomunicações transmitidos por extraterrestres evoluídos.
"Se nós estamos transmitindo sinais, talvez outras civilizações estejam enviando sinais em nossa direção", afirmou em Washington Dan Werthimer, pesquisador da Universidade da Califórnia.

Só começando

NASA descobre primeiro planeta potencialmente habitável, o Kepler-186f. Imagem conceito do planeta
NASA descobre primeiro planeta potencialmente habitável, o Kepler-186f. Imagem conceito do planeta

No evento de hoje, foi lembrado o papel da missão Kepler na exploração espacial. A iniciativa está ligada à NASA, agência que há cerca de um mês anunciou a descoberta do primeiro planeta potencialmente habitável.
"O fato de não termos achado nada até agora não significa nada. Nós estamos apenas começando agora a procurar", afirmou Shostak na reunião em Washington.
E você? Acredita mesmo que conseguiremos encontrar formas de vida fora da Terra até 2034?

Fonte: Exame
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...