Analgésico é encontrado em veneno de caracol marinho e pode ajudar no tratamento de doenças como diabetes - Aventuras no Conhecimento

Últimas


NOTÍCIAS

domingo, 30 de março de 2014

Analgésico é encontrado em veneno de caracol marinho e pode ajudar no tratamento de doenças como diabetes


Um grupo de pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, descobriu recentemente um analgésico natural altamente poderoso, quase 100 vezes mais forte que a morfina. Sua origem é tão inesperada quanto seu efeito.
Segundo o estudo apresentado pela Sociedade de Química dos Estados Unidos, a proteína extraída do veneno de um caracol marinho é rica em conotoxinas, capaz de produzir uma substancia analgésica mais forte do que a morfina. A “morfina de caramujo” seria altamente eficaz para pacientes que sofrem de dores fortes, causadas pela diabetes, escleroses múltiplas e outras doenças que afetam as terminações nervosas.

Em seu habitat, o caracol que vive em águas tropicais utiliza o veneno para paralisar suas presas. A partir dele, cinco drogas experimentais foram elaboradas. Uma delas, a zinconotida, já foi aprovada para o tratamento de dor aguda em seres humanos.
Atualmente, a droga é injetada na medula, mas os cientistas continuam trabalhando com as proteínas com intuito de encontrar um tratamento oral, menos invasivo e com menor risco de dependência. A vantagem da droga é que ela atua em receptores cerebrais diferentes que os demais derivados de ópio, o que diminui em muito o risco de vir a representar uma droga que cause dependência.

Fonte: History