Cientistas identificam fósseis de pterossauros no Paraná - Aventuras no Conhecimento

Últimas


NOTÍCIAS

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Cientistas identificam fósseis de pterossauros no Paraná

As amostras foram encontradas em 1975, mas só agora identificadas como pertencentes ao réptil voador que viveu há centenas de milhões de anos
Amostras de fósseis estavam conservadas há 37 anos (Foto: Universidade Estadual de Ponta Grossa)

Fósseis de pterossauros – répteis voadores que viveram entre 225 e 65 milhões de anos atrás – foram identificados em acervo mantido na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), no Paraná. As amostras de rochas com ossos fossilizados foram encontradas no município de Cruzeiro do Oeste e levadas à instituição em 1975, mas só agora os cientistas as identificaram como sendo restos de pterossauros.
As três primeiras amostras, além de outras recém-coletadas, foram tombadas na UEPG para investigações mais detalhadas. Segundo o site da universidade, elas podem “trazer grandes avanços para a paleontologia brasileira e sobre os antigos ambientes que existiram no atual território paranaense”. A descoberta impulsionou os cientistas a procurarem por mais amostras, resultando no encontro de pelo menos três horizontes ricos em fósseis na região, contendo ossos de tamanhos variados e em bom estado de preservação.
Nos trabalhos, os pesquisadores da UEPG tiveram apoio do Centro de Paleontologia da Universidade do Contestado, em Mafra, Santa Catarina. De acordo com o site, os resultados logo devem ser publicados em periódicos especializados, além de debatidos em eventos científicos, como no 46º Congresso Brasileiro de Geologia, que será realizado em Santos no próximo semestre.
Os pterossauros foram contemporâneos dos dinossauros, mas não podem ser considerados como tais. Eles variavam bastante de tamanho e normalmente apresentavam cristas características, sendo os primeiros vertebrados a voarem, antes mesmo das aves.
Fonte: Revista Época